RFID

A tecnologia RFID (Radio Frequency Identification) é um dos pilares da indústria 4.0 por oferecer maior eficiência e controle sobre a produção e a logística no chão de fábrica. O robusto sistema RFID da Turck consiste em tags (armazenadores de dados), leitores e interfaces projetados para operar em condições industriais, oferecendo uma vasta gama de aplicações.

Identificação de moldes


 
  • O formato das bandejas é identificado pela informação contida na tag;
  • A antena lê a informação contida na tag e informa o tipo de bandeja às máquinas da linha de produção;
  • As máquinas assumem configurações diferentes automaticamente, de acordo com o tipo de bandeja identificado;
  • Redução drástica no desperdício da substância inserida nos moldes e nas substâncias de limpeza e água utilizadas para lavar os moldes, devido à adaptação das máquinas ao tipo de molde;
  • Menor tempo de máquina parada, devido à reconfiguração automática constante da linha;
  • Identificação das bandejas possibilita a aquisição de dados como tempo de circulação e número de ciclos de utilização, que podem ser utilizados como índices de eficiência da linha de produção para identificação de problemas e possibilidades de melhoria.
  • A troca de lote de produtos a serem embalados frequentemente requer uma mudança física na máquina de embalagem, como trocas de ferramentas;
  • Erros no set up resultam em perda de produção e possíveis danos ao equipamento;
  • O sistema BL-IDENT da Turck anula a possibilidade de erros nessa etapa do processo;
  • Cada componente substituível no set up identificado por uma tag fixa.
  • A antena lê as tags dos componentes substituídos no set up e impede a inicialização da máquina, caso haja algum componente ou ferramenta incompatível com o método de embalagem do lote.
  • É possível contar o tempo acumulado de operação de cada componente para  estimar a sua vida útil e definir o tempo de manutenção ou substituição da peça por uma nova.
  • Garrafas com pequenas falhas são introduzidas na linha de produção;
  • Essas garrafas devem ser reconhecidas como defeituosas pelas máquinas de inspeção ao longo da linha de produção;
  • Caso ocorra alguma falha na inspeção, a máquina em questão deve ser revisada e as garrafas de testes precisam ser removidas de maneira confiável da linha de produção.
  • A tecnologia RFID oferece o método mais confiável de identificação. As tags podem ser fixadas no interior das garrafas, sem necessidade de contato visual para leitura e livres do risco de queda e outras avarias.

Contacte os nossos especialistas!

NOSSOS PARCEIROS

UM GRANDE TIME QUE SOMA FORÇAS E MULTIPLICA RESULTADOS.